O SEO (Search Engine Optimization), também conhecido como otimização de sites, é rapidamente definido como uma forma de aumentar os acessos do seu site através de um conjunto de técnicas e estratégias que permitem que um site melhore seu posicionamento nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, como Google e Bing.

O próprio administrador ou desenvolvedor do site deve utilizar princípios de SEO em sua elaboração de forma a melhorar os aspectos de otimização interna que contribuem para o posicionamento da página.

-Como o SEO pode ajudar seu site?

Ao iniciar uma campanha de otimização no seu site, você poderá perceber que a melhora no posicionamento para as palavras-chave do seu negócio é diretamente proporcional à quantidade de acessos que vai receber, além de gerar também maior visibilidade para a marca e um retorno em conversões no site.

Existem diversos tipos de objetivo em um site. Para um e-commerce, o principal é gerar vendas. Para um blog, é que seus visitantes leiam seus posts. Então esses objetivos, que também chamamos de conversão, podem ser muito variados, como vendas, cadastro, downloads ou até mesmo cliques em determinadas partes do site. Independente da sua área de atuação e de seus objetivos, a otimização de seu site permitirá que chegue a ele um público segmentado de acordo com suas expectativas.

-Defina seu público-alvo

Por exemplo: se o seu negócio é vender livros usados, as palavras-chave utilizadas na otimização não podem ser livros, best-sellers, ou lançamentos já que dessa forma atrairiam todo o público de livros. Você precisaria trabalhar as palavras “livros usados”, “sebos”, “livros de segunda mão”, entre outras. Dessa forma, restringiria o número de acessos ao site, mas iria atrair um acesso mais qualificado, gerando uma experiência positiva tanto para sua empresa quanto para os usuários que encontrariam o que realmente estavam procurando.

Basicamente, o que define se a sua página estará ou não entre os primeiros resultados de uma busca é a sua relevância para a palavra-chave buscada. Portanto, o SEO trabalha, antes de tudo, a relevância de seu site, seja para o usuário que o visita (otimização interna), seja para a comunidade digital em torno dele (otimização externa).

-O algoritmo do Google

Como será então que o Google entende qual site é melhor? O trabalho é feito por cálculos complexos realizados através de seu algoritmo que considera uma infinidade de fatores. O que mudou com o passar dos anos foi a relevância desses fatores, como por exemplo o PageRank que antigamente era fator determinante e hoje não é mais, apesar de ainda ser muito importante.

O mercado digital teve um grande crescimento e com o Google não foi diferente, pois hoje o buscador tem como foco principal a experiência do usuário.

O ano de 2015 foi de mudanças para a empresa, como por exemplo em abril quando o buscador lançou uma atualização que tem permitido uma melhora nas buscas feitas por smartphones, que agora dão preferência a sites que se adaptam perfeitamente aos dispositivos, ou seja, os chamados sites responsivos.

-SEO ou Links Patrocinados?

Os links patrocinados são uma forma mais fácil e rápida de aparecer no topo dos resultados do Google, mas pode ser infinitamente mais cara do que uma boa estratégia de SEO. Além disso, quando a campanha sai do ar, o seu site some da primeira página dos buscadores instantaneamente, o que contrasta com o caráter de continuidade que a prática de SEO possui.

A imagem abaixo é um heatmap, ou mapa de calor, que mostra a quantidade de cliques que são feitos dentro da página de resultados do Google. Podemos perceber claramente que a maior parte dos cliques vai para os resultados não pagos, que também são chamados de orgânicos.

Com links patrocinados, o número de visitas do seu site aumenta rapidamente, mas isso não ocorre com a probabilidade de conversão desse público. Isso porque em uma campanha de links patrocinados, um site que vende brinquedos pode muito bem aparecer em primeiro para a busca “diversão infantil”, se esta palavra estiver selecionada para um link patrocinado.

E se o usuário que busca não estiver com a intenção de comprar nada, apenas de conhecer algumas brincadeiras para animar uma festa de criança, ocorre o que chamamos de rejeição. O usuário entra no site e rapidamente verifica que ali não existe o que ele procura.

Já com a prática de técnicas de SEO, o site só aparecerá em primeiro para aquela palavra que ele for realmente relevante. As chances de um usuário não encontrar o que procura diminuem. Logo, aqui temos uma equação em que o número de visitas pode ser um pouco menor do que as geradas pelos links patrocinados, mas o percentual de conversões aumenta significativamente.

Portanto, o trabalho de SEO está relacionado à credibilidade e relevância de uma página ou um site.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Redes sociais

Mais popular

Quer receber dicas de marketing

Receba dicas exclusivas do growth Hacker

Não é spam, são dicas e práticas para você vender mais na internet.

Categorias

Marketing Digital 3.0

Relacionados

Como ganhar dinheiro online através do marketing de afiliados?

Nesta era moderna, as compras online inteligentes se tornaram uma tendência proeminente. O marketing de afiliados se tornou a maior influência do mercado e da indústria em expansão financeira, tornando milhões de pessoas financeiramente livres. O dinheiro não cresce em árvores, mas o marketing de afiliados é a melhor coisa para ganhar dinheiro sentado na frente do computador em qualquer lugar.

O que é marketing de afiliados?

Afiliado marketing é uma tática de marketing baseado em desempenho em que um varejista, tipicamente […]

Como compactar imagens para rankear melhor

Muita gente não sabe, mas a velocidade de carregamento de um site é um dos principais fatores de SEO que o Google leva em consideração para o rankeamento.

Isso significa que, quanto mais leves forem as suas páginas, mais rápidas elas serão — e, consequentemente, mais chances você terá de alcançar as primeiras posições nas buscas. Por isso, compactar imagens é algo extremamente importante.

Neste conteúdo, você vai entender como esse processo funciona e descobrirá como comprimir ou compactar imagens e […]

Os 5 Melhores Programas de Afiliados

Com o aumento do número de pessoas com acesso à internet, o marketing de afiliados aparece como uma boa opção para se ganhar uma segunda renda. Com tantos programas por aí, fica difícil escolher a melhor, pois cada um tem uma maneira diferente de se começar e variadas taxas de comissão.

O que é o Marketing de Afiliados?

O Marketing de Afiliados é uma maneira de ganhar comissões através da promoção de produtos ou serviços para negócios ou companhias, das quais você […]

O que esperar do marketing na música em 2021?

2020 foi um ano turbulento, que mudou a maneira de consumirmos, com tendências que foram aceleradas, enquanto outras acabaram perdendo o sentido. A indústria da música foi uma das mais afetadas, onde teve que se adaptar de vez ao digital, substituindo os shows pelas lives, os ingressos por ouvintes mensais e outras tantas reviravoltas ao longo desses meses. Mas, em 2021: o que esperar do marketing na música?

Inteligência de dados

A inteligência artificial já consegue compor músicas baseadas em análises de […]